sejam muito bem vindos




veja a vontade as minhas criações ,são feitas com muito amor ,pois amo o que faço ,estou aqui pra tirar duvidas ,vender e divulgar o que se pode se fazer com garrafas pet

Seguidores

Google+ Followers

Google+ Badge

domingo, 16 de outubro de 2011

Embalagens de alimentos, caixas de leite longa-vida, garrafas plásticas, latinhas de refrigerante, restos de comida, baterias de celular e jornais velhos. No final do dia, tudo o que é descartado - cada paulistano produz diariamente 1,2 kg de lixo, em média - tem o mesmo destino: os lixões ou aterros sanitários.

O Brasil produz cerca de 100 mil toneladas de lixo por dia, mas recicla menos de 5% do lixo urbano – valor muito baixo se comparado à quantidade de material reciclado nos Estados Unidos e na Europa (40%).

De tudo que é jogado diariamente no lixo, pelo menos 35% poderia ser reciclado ou reutilizado, e outros 35%, serem transformados em adubo orgânico.

O lixo é um problema relativamente recente, já que, há algumas décadas, era constituído basicamente por materiais orgânicos - facilmente decompostos pela natureza. Mas com a mudança nos hábitos, o aumento de produtos industrializados e o advento das embalagens descartáveis, o lixo tomou outra dimensão e sua "composição" também mudou.

Hoje, em vez de restos de alimentos, as lixeiras transbordam de embalagens plásticas (mais de 100 anos para decompor), papéis (de 3 a 6 meses) e vidro (mais de 4.000 anos).

Mas o problema não é, propriamente, a característica do lixo produzido, hoje, nos grandes centros urbanos, mas o destino dado a ele. Muitos desses materiais podem ser reaproveitados ou reciclados, diminuindo, assim, as enormes montanhas formadas nos lixões da cidade e, conseqüentemente, a degradação do meio ambiente.

Outro aspecto importante da reciclagem, além da consciência ecológica, é o fator social. A coleta de material reciclável é, muitas vezes, a única fonte de renda dos catadores. Só na cidade de São Paulo, há cerca de 20 mil em atividade – com ganho mensal médio de R$ 300,00.




· não separe o lixo sem ter planejado primeiro para onde mandar.

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

promoção de borboletas de pet

quer ganhar um kit de borboletas de pet,então é só ser minha seguidora no blog ou twiter,e deixe uma mensagem e boa sorte

domingo, 11 de setembro de 2011

vaso de caixinha de leite 2 (pap)

vaso de caixa de leite ,é uma forma sim ples e facíl de reciclar caixas de leites 1-Voce pega o modelo do vaso e risca na caixa de leite 4x
,

2-depois de riscar 4 moldes ,

3-agora é só unir as 4 partes,e o fundo


4-agora é só pintar o seu vaso,voce pode fazer decupagem,textura o que quiser é só por a criatividade para fora
olha só como o meu ficou

dei uma demão de vermelho cereja (camurcyl),e depois dei umas pinceladas com tinta decorativa dourada ,deu um efeito envelhecido,para finalizar pintei umas flores




olha que peça linda ficou aquelas caixas de leite que iam para o lixo,tente tambem fazer seu vaso de caixas de leite, bjs arteemgarrafaspet espero que tenhamgostado fiquem com deus.

carriolas de jornal,com margaridas de garrafas pet



carriolas feitas de jornal,eu mesma fiz ,essas margaridinhas são as minhas preferidas , eu adoro fazer elas ,pra quem mora em caraguatatuba elas estão a venda no bazar doris(7,00 cada carriola )aceito encomendas!!!

quarta-feira, 7 de setembro de 2011


Fofolandia.com.br

borboletas no quadro




essa é uma idéia ,se gostarem comentem ai!!!

MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

twiter @ARTEEMPET


domingo, 19 de junho de 2011

telhado de garrafas pet

Telhado de Garrafas Pet


O telhado de garrafas pet é uma alternativa viável, artesanal e criativa de se construir. Além de conferir uma estética diferenciada e durabilidade, mostra-se como uma opção de baixo custo. É uma tecnologia ecológica, porquê reutiliza e recicla as garrafas que muito provavelmente estariam nos leitos de nossos rios.


 
Passo a passo e materiais:
A média de garrafas que se reutiliza por metro² é de 14 a 18 garrafas aproximadamente, dependendo da abertura que se dá a cada telha.
É importante que se reutilize somente as garrafas que forem lisas, para que o encaixe das telhas se dê por igual.



Utilizamos como fôrma um cano PVC de 100mm com 20 cm de comprimento e com uma abertura vertical para facilitar a entrada da pet.



Com um estilete, corte o bico e o fundo da garrafa.



Depois amasse o que sobrou da garrafa ao meio.



Corte com o estilete obtendo duas partes iguais, uma capa e uma bica.



Grampear as duas extremidades até atingir a área total do telhado. Pode-se utilizar também rebites para unir uma fileira a outra, mas se não houver incidência de ventos fortes não há necessidade.



Atenção! Para garantir uma boa funcionalidade, o telhado deve ter no mínimo 35% de inclinação.



Esse telhado é ideal para a construção de estufas, ou para áreas externas da casa como a varanda. Se caso houver a necessidade de barrar a incidência de raios solares, utilizamos como forro, caixas de leite (embalagens tetrapak).



♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

terça-feira, 12 de abril de 2011

biju de pet

Bijuteria com garrafa pet

18:47 // 1 comentários // Lucas // Category: Bijuteria com Material Reciclável , bijuterias , colares //


Corte as garrafas plásticas, pinte-as e monte correntes e brincos.
O charme e os acabamentos ficam por sua conta! Anote os materiais...
Custo aproximado para fazer esta peça:
R$ 7,00
Preço sugerido para venda:
R$ 22,00



Materiais

- 1 garrafa PET (transparente)
- 1 tesoura
- 1 pincel (pequeno e com cerdas macias)
- Alicates (de bijuterias)
- 1 pirógrafo
- Verniz vitral nas cores: amarelo e vermelho
- Fio de náilon
- Argolas, fecho, tips e tarraxa
- 1 isqueiro
- Armação para brincos
- Pedras (de cascalho
Dica Inicial

1) Antes de iniciar esta técnica, limpe bem as garrafas PET. Corte a base da garrafa PET.
2) Meça retângulos com 2,5 cm x 3 cm e corte cinco partes para compor a gargantilha.
 
3) Mergulhe o pincel nas tintas vitrais amarela e vermelha, pingue e espalhe sobre os retângulos cortados acima. Primeiro molhe o pincel com amarelo, depois com vermelho. Note um efeito manchado e aguarde secagem total.
 

4) Use o pirógrafo em temperatura baixa para fazer quatro furos nos
retângulos à distância de 1/2 cm das pontas.
5) Corte 2 pedaços de fios de náilon com 50cm cada. Depois insira em um tip , dê um
nó simples, queime a ponta com o auxílio do isqueiro e feche o tip com o alicate de ponta.
6) Inicie a montagem da gargantilha. Primeiro, insira os pedacinhos de cascalhos em 15 cm de fio duplo.
7) Separe, agora, os fios e monte 1 “v” com os pedacinhos de cascalho em mais 2 cm de fio de náilon.

8) Insira, então, os retângulos de PET pintados sob os fios de náilon.
9) Continue com os fios separados e vá intercalando os cascalhos e os retângulos pintados.Quando chegar na outra extremidade, junte novamente os fios e forme um outro “v” com 2cm.


10) Feche a gargantilha, dando um nó, colando o excesso, queimando a ponta, colocando o tip e virando-o com o alicate de ponta redonda, que deve ser usado para fixar a argola e o fecho. Do outro lado da gargantilha, fixe a argola e a corrente com o alicate de ponta.

Variação Exclusiva
 1) Corte dois retângulos com 2,00 cm x 2,5 cm cada.

2) Pinte-os com as mesmas cores de verniz vitral sugeridas acima.

3) Fure os retângulos pintados nas pontas com o pirógrafo.

4) Corte 20 cm de fio de náilon e insira a armação dos brincos.

5) Insira primeiro 1 cm de cascalhos em fio duplo. Depois separe os fios e coloque mais 1 cm de cascalhos em cada fio, formando um “v”.
6) Insira os retângulos de PET, dispondo os fios separados sob

os mesmos.

7) Separe os fios, coloque três pedacinhos de cascalhos de cada lado, dê o nó, corte-o e queime-o. Assim, seu conjunto estará finalizado.

Postagens populares

borboletas de garrafas pet

borboletas de garrafas pet

carriola de jornal

carriola de jornal

margaridas de pet

margaridas de pet

guirlanda de fundos de garrafas pet

guirlanda de fundos de garrafas pet

borboleta(grande)

borboleta(grande)

rosa mesclada de pet

rosa mesclada de pet